Elvenses,
 
Todos nós fomos chamados a combater um vírus que atua de forma invisível, mas que, sem dúvida, tem merecido de todos um combate bem visível.
 
Também a Câmara Municipal de Elvas continua “on”.
 
Neste mês de “quarentena” não ficámos parados.  Processámos mais de 2.000 pagamentos num valor superior a 3.400.000€, dirigidos aos nossos cerca de 500 colaboradores, às nossas empresas, às nossas IPSS e outras instituições, aos nossos mais de 130 alunos bolseiros e aos mais de 800 idosos que beneficiam do apoio na compra dos medicamentos.
 
Adquirimos e entregámos, aos nossos lares de idosos e outras instituições públicas e privadas, equipamento de proteção individual: máscaras, luvas, entre outros; e preparámos o Centro de Negócios Transfronteiriço, para o que se exige neste momento.
 
Continuámos a assegurar os serviços essenciais e a dar apoio social a quem dele precisou.
 
Neste mês, para que a nossa economia não pare, adquirimos localmente novos bens e serviços, num valor superior a 230.000€ e, a pensar no futuro, assinámos novos contratos, entre eles o das obras do novo lar da Boa-fé e a requalificação da zona industrial, totalizando um novo investimento superior a 3.200.000€.
 
Continuaremos a articular a nossa ação com os diferentes ministérios, num esforço conjunto para atenuar impactos, nomeadamente, na saúde, na segurança social, na economia e na educação.
 
Um esforço coletivo, incluindo os rostos anónimos, que neste momento enalteço.
 
Um esforço particular, que agradeço a todos os colaboradores da Câmara Municipal de Elvas.
 
Vamos todos continuar a trabalhar, na incerteza de que poderíamos porventura fazer diferente, mas na certeza de que demos sempre o nosso melhor.
 
O Presidente da Câmara Municipal de Elvas,
Nuno Miguel Fernandes Mocinha