A carregar Eventos

« Todos os Eventos

Re-criArte no Museu de Arte Contemporânea de Elvas

18 Setembro - 18 Outubro

André Guedes

Better Days, for these Days, 2014

 

CONTEXTO

Todos temos momentos bons e menos bons, e temos também lugares que nos trazem memórias desses dias. Inspirados na instalação “Better Days, for these Days” do artista André Guedes, propomos re-criar o cenário perfeito de “melhores dias, para estes dias” utilizando lugares e/ou objetos que tornaram esses dias especiais.

Expressem a criatividade através do desenho, pintura, fotografia, vídeo, texto ou escultura, enviando os trabalhos para divulgarmos no facebook do Município de Elvas para: servicoeducativo.mace@cm-elvas.pt

 André Guedes nasceu em Lisboa, em 1971. Vive e trabalha em Lisboa. É licenciado em Arquitetura, pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa (1996) e frequentou o Mestrado em “Antropologia do Espaço”, na Universidade Nova de Lisboa (2001). Participou em diversos programas de residência de criação, nomeadamente, Nosadella.due, em Bologna (2007); Le Pavillon / Palais de Tokyo, em Paris, (2004-2005); e Fondazione Pistoletto/Cittadellarte, em Biella (2003). Em 2007, recebeu o Prémio de Artes Plásticas União Latina. Realizou várias exposições individuais, em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente, na Galeria Lisboa 20, em Lisboa; no espaço Chiado 8, em Lisboa; no Museo Internazionale della Musica, em Bolonha; no Museu de Serralves, no Porto; e no projecto “SlowMotion” (2003), ESTGAD, nas Caldas da Rainha; entre outras. Participou, ainda, em diversas exposições colectivas realizadas no Museu das Comunicações, em Lisboa; no Palais de Tokyo, em Paris; no MARCO, em Vigo; na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa; no âmbito “Lisboa Capital do Nada”, [intervenção no espaço público], Lisboa (2001); na Fundação Pistoletto / Cittadellarte, Biella; no Festival Circular, em Vila do Conde; na II Bienal de Jafre, Jafre del Ter, em Girona; entre outros. Realizou e colaborou na concepção do espaço cénico das coreogra¬fias como rebolar alegremente sobre um ‘Vazio interior, de Vera Mantero (2000); Notas para um espetáculo invisível, de Miguel Pereira (2001); Hors Sujet ou Le Bel Ici, de Mar¬tine Pisani (2007).

Detalhes

Início:
18 Setembro
Fim:
18 Outubro
Categorias de Evento:
,

Local

Museu de Arte Contemporânea de Elvas