[kc_row use_container=”yes” _id=”257689″][kc_column width=”12/12″ content_offset=”no” offset=”center” parallax=”no” parallax_speed=”50″ video_background=”no” images_background=”no” images_background_animation_in=”fadeIn” images_background_animation_out=”fadeOut” images_background_autoplay_timeout=”4000″ images_background_parallax_speed=”50″ overlay_background=”no” overlay_background_deg=”90″ overlay_background_percentage_start=”0%” overlay_background_percentage_end=”100%” _id=”391379″][kc_column_text content_offset=”__empty__” _id=”370082″]

A área classificada como Monumento de Interesse Público (MIP), da Igreja do Senhor Jesus da Piedade, em Elvas, foi ampliada, de acordo com a portaria 506/2020, publicada esta quarta-feira, dia 12, em Diário da República.

Este documento amplia a área classificada como monumento de interesse público da Igreja do Senhor Jesus da Piedade e redenomina a classificação para Santuário do Senhor Jesus da Piedade, num texto assinado pela secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural, Ângela Ferreira.

O texto refere que a ampliação “tem em conta a particular relação entre a igreja e a sua envolvente próxima que configura e identifica o Santuário do Senhor Jesus da Piedade” e “justifica-se pela importância de conservar a integridade simbólica deste conjunto de interesse cultural relevante que, para além do seu valor histórico, arquitetónico e artístico, se apresenta como raro e exemplar testemunho das vivências religiosas desta importante cidade alentejana”.

A ampliação consta da envolvente próxima da Igreja do Senhor Jesus da Piedade, nomeadamente, o adro e escadarias do templo, o corpo que lhe é adjacente, o Jardim da Fonte da Fé e o recinto delimitado pelo antigo muro do santuário, incluindo a entrada monumental e o chafariz no seu interior.

Consulte o documento aqui.

[/kc_column_text][kc_image_box resized_image=”__empty__” align_horizontal=”left” align_vertical=”bottom” _id=”744172″ image=”34987″][/kc_column][/kc_row]