Login

Vídeos

Investir em Elvas

World Heritage

Eurocity Badajoz-Elvas

Intangible Cultural Her.

Events

Mon Jun 25, 2018 | horas: 08:00 - 11:00PM
XII Festival Medieval de Elvas
Mon Jun 25, 2018 | horas: 08:00 - 07:00PM
Exposição Santo António Padroeiro
Mon Jun 25, 2018 | horas: 10:00 - 06:00PM
"A sedução de uma vírgula bem colocada - The pull of a well placed comma"
Tue Jun 26, 2018 | horas: 08:00 - 07:00PM
Exposição Santo António Padroeiro
Tue Jun 26, 2018 | horas: 10:00 - 06:00PM
"A sedução de uma vírgula bem colocada - The pull of a well placed comma"

ver mais [+]

Information Area

phoneSupport:
800 207 969

Files-Upload-File-iconSugestions:
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

PHARMACIES SERVICE

Plano Adopção de Animais


Instrumento Financeiro – IFRRU 2020








Instrumento Financeiro – IFRRU 2020
 

O que é o IFFRU 2020?

O IFRRU 2020 é um instrumento financeiro destinado a apoiar investimentos em reabilitação urbana, que cobre todo o território nacional.
Para potenciar mais o investimento, o IFRRU 2020 reúne diversas fontes de financiamento, quer fundos europeus do PORTUGAL 2020, quer fundos provenientes de outras entidades como o Banco Europeu de Investimento e o Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa, conjugando-os com fundos da banca comercial.
Num único pedido de financiamento, apoiam-se, em condições mais favoráveis, o investimento na reabilitação urbana e na eficiência energética do imóvel a reabilitar, sem restrições na natureza da entidade que solicita o financiamento ou no uso a dar ao imóvel a reabilitar.
Este pedido poderá ser apresentado junto da rede comercial dos bancos selecionados – Santander Totta, Banco BPI, Millenium BCP e Popular -, e em qualquer momento, isto é, sem fases prévias para apresentação dos pedidos de financiamento, e sem limites ao número de pedidos que pretenda realizar. 

Quem pode candidatar-se?

Pode candidatar-se qualquer entidade, singular ou coletiva, pública ou privada, com título bastante que lhe confira poderes para realizar a intervenção.

Quais os apoios disponíveis?

Os apoios são concedidos através de produtos financeiros de dois tipos (não acumuláveis):

Empréstimos – concedidos pelos bancos selecionados para gestão dos apoios IFRRU 2020, com maturidades até 20 anos, períodos de carência equivalentes ao período do investimento + 6 meses (máx. 4 anos) e taxas de juro abaixo das praticadas no mercado para investimentos da mesma natureza.

Garantias – associadas a empréstimos concedidos pelos mesmos bancos, destinando-se a projetos que não dispõem de garantia bastante.

Aos projetos podem ainda ser atribuídos benefícios fiscais já decorrentes da lei, inerentes à sua localização e natureza da intervenção, nomeadamente ao nível do IMI, IMT e IVA.

Que intervenções são apoiadas?

Reabilitação integral de edifícios com idade igual ou superior a 30 anos (ou, no caso de idade inferior, que demonstrem um nível de conservação igual ou inferior a 2, nos termos do Decreto-Lei n.º 266-B/2012, de 31 de dezembro).

Reabilitação de espaços e unidades industriais abandonadas.

Intervenções em edifícios de habitação social que sejam alvo de reabilitação integral.

No mesmo pedido de financiamento, o IFRRU 2020 apoia medidas de eficiência energética complementares às intervenções de reabilitação urbana.
Os edifícios reabilitados podem destinar-se a qualquer uso, nomeadamente habitação, atividades económicas e equipamentos de utilização coletiva.

Que despesas são financiadas?

Todas as despesas relativas à obra de reabilitação urbana e às medidas de eficiência energética.


Em que territórios?

Os edifícios a reabilitar têm de estar localizados numa área delimitada pelo Município: Área de Reabilitação Urbana (ARU)/Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU).

Se a operação estiver inserida num edifício de habitação social: tem de estar localizada na área delimitada pelo Município no Plano de Ação Integrado para as Comunidades Desfavorecidas (PAICD).

Como faço uma candidatura?

Três passos para preparação do pedido de financiamento:

1.  Pedido de parecer de enquadramento à Câmara Municipal da localização do imóvel. (pode consultar o formulário da Câmara Municipal de Elvas aqui.
2. Certificado Energético do imóvel antes da intervenção elaborado por perito qualificado pela ADENE.
3.  Pedido de financiamento junto dos bancos selecionados.

Para que serve o Parecer Prévio do Município?

Este parecer tem como objetivos:

Confirmar que se trata de uma operação de reabilitação integral de um edifício bem como a idade do edifício e o seu grau de conservação.

Confirmar, o enquadramento em ARU (Área de Reabilitação Urbana). 

Confirmar, quando aplicável, a conformidade com os objetivos do PARU (Plano de Ação de Reabilitação Urbana) e o enquadramento em uma das zonas delimitadas nesse Plano: centros históricos, zonas ribeirinhas e áreas industriais abandonadas.

Confirmar, quando aplicável, a conformidade com os objetivos do PAICD (Plano de Ação Integrado para as Comunidades Desfavorecidas).

Confirmar o procedimento urbanístico associado à operação de reabilitação urbana.

Como posso solicitar o Parecer Prévio do Município de Elvas?

O parecer prévio pode ser solicitado por qualquer entidade, singular ou coletiva, pública ou privada, com título bastante que lhe confira poderes para realizar a intervenção.
Pode consultar e fazer o download do formulário para pedido de parecer prévio do Município de Elvas aqui.
O formulário, juntamente com a documentação necessária, deverá ser entregue no Balcão Único da Câmara Municipal de Elvas. 

Pode consultar mais informação no Portal da Habitação ou através do Guia Rápido do Beneficiário.

FaLang translation system by Faboba

   
  

© 2012 Município de Elvas All Rights Reserved
ブランドコピー スーパーコピーブランド コピーブランド ブランドバッグコピー ブランドコピー時計 ブランドコピー財布